Resenha - Pitty lança DVD no Circo Voador

Texto por Monique Ferreira
Fotos por Geisy Panisset


Em sexta-feira chuvosa, Pitty faz um show reto para o Circo Voador lotado.

As primeiras horas foram discretas. A fila não estava tão exagerada como em outros shows da Pitty, cantora que sempre lota o Circo Voador com seu "rock cru". Pareceu até que seria diferente desta vez, já que mais de uma hora após a abertura dos portões a noite ainda aparentava ser tranquila. Só estavam ali os fãs mais corajosos a ponto de enfrentar a chuva para ver o lançamento do DVD "A Trupe Delirante no Circo Voador", quarto na carreira da cantora, que foi gravado ali mesmo sob a lona do Circo.


O início do show foi um pouco morno, com músicas do disco "Chiaroscuro". A surpresa começou no terceiro item do set list, "Memórias". A escolha não só agradou como acordou o público, dando ritmo ao que estava por vir. Depois deste ponto, não havia uma pessoa parada sob ou sobre o palco. A vocalista e sua banda formada por Martin Mendonça (guitarra), Joe (baixo), Duda Machado (bateria) e Bruno Cunha (teclado), carregando nas costas oito anos de estrada, pareciam estar mais nervosos do que de costume, como se toda aquela experiência nunca tivesse acontecido. Claramente emocionada, Pitty cantou as músicas com a mesma paixão de uma adolescente subindo no palco pela primeira vez, mas sem escapar muito do que estava no papel - talvez por medo de errar.



Contrastando com o aparente nervosismo de principiante, a banda inteira estava intacta. Fizeram uma apresentação reta, sem muitos erros, com uma sonoridade incrível. Bruno, o tecladista convidado que já é considerado integrante da banda, conseguiu dar o toque que faltava às músicas sem perder o clima de rock pesado que Pitty sempre impõe em seus shows. Todos estavam à vontade, sentindo-se em casa. Até porque o Circo Voador já pode ser considerado oficialmente um lar para esses músicos.


Músicas como "Anacrônico", "Máscara", "Admirável Chip Novo" e "Pulsos" entraram no repertório do lançamento, mas não na gravação. O objetivo era não repetir nenhuma música de último disco ao vivo, o "{Des}Concerto". Com aproximadamente uma hora e meia de show incluindo músicas de seus três álbuns de estúdio, faixas extras dos DVDs e um cover de Roberto Carlos (elogiado pelo próprio), Pitty encerrou a apresentação com a queridinha "Me Adora". Emocionou-se, mais uma vez, com a grande quantidade de vozes acompanhando o refrão. A cantora não fez nenhuma questão de esconder o quanto ainda se surpreende e acha mágica a resposta do público, tão passional quanto a própria. O esperado bis não aconteceu, mesmo com algumas músicas fazendo falta. Mas a excelente performance equilibrarou tão bem quanto um artista de circo na corda bamba. E a emoção foi tão intensa quanto.



SET LIST

1- 8 Ou 80
2- Fracasso
3- Memórias
4- Água Contida
5- Desconstruindo Amélia
6- Comum de Dois
7- Só Agora
8- Medo
9- Todos Estão Mudos
10- Emboscada
11- O Lobo
12- Se Você Pensa
13- Anacrônico
14- Máscara
15- Admirável Chip Novo
16- Pulsos
17- Me Adora




EM OFF:
Enquanto tudo acontecia, a boa e velha banquinha estava nos fundos do Circo Voador, vendendo o LP "A Trupe Delirante no Circo Voador", lançado pela Polysom. Deixo aqui os meus elogios à arte, como sempre magnífica. Darei minha opinião final assim que eu desempoeirar a vitrola.

Comentários

Postar um comentário